Sudeco viabiliza construção de ponte de concreto em área rural de Terenos (MS)

Sudeco viabiliza construção de ponte de concreto em área rural de Terenos (MS)

Projeto visa melhorar as condições dos produtores rurais, facilitando o escoamento da produção local e o acesso a serviços básicos de saúde e educação
Por Assessoria de Comunicação

Publicação: Sex, 21 Ago 2020 16:00:00 -0300

Última modificação: Qua, 26 Ago 2020 17:27:10 -0300

Ponde de madeira em Terenos(MS)

A Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) efetuou o pagamento de R$ 258,5 mil ao município de Terenos (MS), com o objetivo de apoiar o desenvolvimento local. O recurso será destinado à substituição de uma ponte de madeira por uma estrutura de concreto sobre o Córrego Retiro, no trecho da estrada entre a Fazenda Santo Antônio com a Fazenda Tarumã. O projeto visa beneficiar diretamente 1,5 mil habitantes da região da Colônia Nova e da zona rural de Terenos.

O município possui uma população de cerca 20,3 habitantes. A substituição da ponte de madeira será por uma de concreto pré-moldado, com capacidade de 45 toneladas, cuja capacidade de carga será de aproximadamente 15 toneladas, com 15 metros de comprimento por 5 metros de largura.  De acordo com a Prefeitura Municipal, com a troca da ponte será possível viabilizar o escoamento da produção de gado de corte e grãos, além de diminuir os gatos públicos com a manutenção anual.

“O projeto favorecerá o fortalecimento e a reestruturação dos meios de escoamento da produção agrícola e pecuária possibilitando maior geração de trabalho, emprego e renda. Além disso, a substituição da mesma favorecerá uma estrutura mais segura e apropriada para o tráfego de veículos de carga e passeio”, ressalta a administração local. 

O convênio entre Terenos e Sudeco atende aos objetivos do Programa 2029 do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) e da Sudeco, que visa estruturar rotas de integração para o desenvolvimento regional e territorial. Além disso, pretende-se, por meio do programa federal, garantir a trafegabilidade municipal, promovendo o crescimento econômico e a mitigação das desigualdades regionais no Centro-Oeste.